segunda-feira, 27 de março de 2017

Quer entrar no bbb 2018? Veja dicas especiais para participar

Quer entrar no bbb 2018
Mal o Big Brother Brasil 2017 terminou e as pessoas já iniciaram a batalhar por uma vaga na versão 2018. Não é fácil já que em média, o programa recebe mais de 3 milhões de inscrições de todo o Brasil e já teve a participação de 253 pessoas, sendo São Paulo o estado com maior número de representantes e o Rio de Janeiro em segundo.

O BBB é o reality show de maior audiência do país. Sua estreia foi em 2002 e a cada ano, sempre no mês de janeiro, lança um novo programa com pessoas de personalidades distintas e que precisarão conviver entre si até que sobre uma pessoa, que levará o grande prêmio cobiçado.

Mas se engana quem pensa que só há interessados em ganhar o valor do prêmio. Muitos procuram conquistar uma vaga no BBB para se tornar famosa e saborear os supostos louros do sucesso pós-estadia na casa.



Quando tudo começou

O Big Brother foi criado por John de Mol em 1999, nos Países Baixos e se tornou um grande sucesso em todo o mundo. Na TV Globo sua primeira versão foi realizada em 2002, com a vitória de Kléber Bambam. A empresa de TV tem um contrato com a Endemol, que detém os direitos do programa, até 2020.

A casa do BBB é cenográfica e todos os anos há uma decoração, posição de móveis e cômodos diferente. Todos são vigiados 24 horas por dia, em todos os locais da casa inclusive banheiro. Os participantes precisam estar conectados a um microfone para poder fazer parte do programa e expor suas ideias, seu jeito de pensar e viver a vida.

Em média entram 14 pessoas, sendo 7 homens e 7 mulheres, com idade de 18 a 70 anos. Quando o jogo começa um participante é excluído a cada semana, através de uma votação popular entre dois ou três candidatos que são selecionados pelos próprios. Mas o programa anualmente quebra as regras e incrementa novidades em todos os quesitos.

Não há conexão com o mundo exterior, inclusive qualquer acesso a web no local, celulares e contato com outras pessoas que não sejam as que estão confinadas e o apresentador. Em alguns momentos, a produção distribui mimos para os participantes, com fotos e mensagens de parentes.

O recorde mundial de votação do programa foi para o grande vitorioso da décima temporada, Marcelo Dourado. O programa é exibido diariamente na TV Globo, além de passar em casais de pay-per-view que costumam ser os períodos de maior venda de pacotes do ano para TVs por assinatura.

Inscrições para o BBB18

As seletivas regionais serão abertas antes do término dessa edição. O site disponibiliza um link para que os interessados se inscrevam via site ou pelo correio, respondendo perguntas como dados pessoais, hobbies, comportamento e envio apenas de foto. É permitida apenas uma inscrição por CPF. Na edição de 2017, nesse período os selecionados passavam por uma entrevista online.


Em seguida, são abertas as inscrições nacionais, dessa vez com envio de vídeos. Depois de todo o processo seletivo das duas etapas, os candidatos concorrentes são convidados para uma entrevista e teste de vídeo, até que seja escolhido os próximos participantes do BBB.

Os nomes são sigilosos e quando o candidato é aprovado, ele tem que ir imediatamente com a produção, ficar confinado em um hotel até que o programa comece. Nesse período, eles não têm contato com ninguém, nem mesmo os colegas que participaram, a não ser com poucas pessoas da produção. O prêmio atual é de R$ 1 milhão e 500 reais, além de prêmios durante o programa e muita visibilidade, transformando o participante em uma celebridade relâmpago.

Dicas para se destacar

A primeira delas é o envio de material de boa qualidade, com fotos de alta resolução e de vários ângulos. Para o vídeo, opte pela simplicidade, mas que seja capaz de demonstrar fluência verbal e posicionamento com a câmera.

Ex-participantes dão dicas de como aproveitar a chance e conquistar uma vaga, como Michel, da 10º edição, que orienta a pesquisar os vídeos já enviados e que estão no Youtube, para se inspirar e usar frases de efeito, que julgar ser interessante para os avaliadores.

A vencedora da 11º edição, Maria Melilo, diz que o segredo é mostrar um pouco de sua rotina e hobbies. Para Rodrigo, da mesma edição, o negócio é focar nos seus defeitos, para garantir a vaga de vilão e manipulador da casa.

Já Marcelo Dourado, que participou das edições de 2004 e 2010, de onde saiu vaiado da primeira e campeão da segunda, garante que o que vale é ter uma estratégia, mostrar que não está ali só para curtir e sim para participar da busca pelo prêmio. Também afirma que participantes que tenham histórias interessantes de vida podem se destacar na seleção.

Clique aqui e faça sua inscrição no site oficial


BBB 2017





Comentários